Banco DLL investe em plataforma que agiliza processo de entrega de crédito no Brasil

mar 12, 2019
Press

A tecnologia continua mudando o jeito de se fazer negócios. Depois de promover uma revolução nos meios de pagamento, a inovação começa a ganhar espaço em transações mais específicas, como o financiamento de bens de capital.  O DLL, instituição financeira de origem holandesa presente há mais de 20 anos no Brasil, assume uma posição diferenciada na entrega de soluções de crédito ao implantar uma plataforma digital que vai concentrar todas as operações e serviços voltados à concessão de crédito junto a parceiros das áreas de saúde, tecnologia, construção e agricultura.

A plataforma, chamada de NEO, oportuniza uma nova experiência no processo de compra de equipamentos. A inovação permite a antecipação das necessidades dos clientes, ou seja, a disponibilidade de recursos acontece antes mesmo da decisão de compra, da definição do equipamento e das condições do financiamento. “Com base no cadastro do cliente, o banco já conta com um limite de crédito pré- aprovado com validade de 6 a 12 meses”, ressalta a gerente de TI e Marketing do DLL Brasil, Mariane Vasquez.  

Multiplataforma, o NEO pode ser acessado por smartphones, tablets e PCs e ainda agrega outro diferencial que imprime agilidade na contratação de crédito:  um app mobile que faz cotação e permite o acompanhamento das operações. A negociação cabe na palma da mão do vendedor, que ainda pode compartilhar os trâmites com o cliente, num processo totalmente transparente. Outra novidade que vem junto com o NEO é a oferta de APIs (Application Programming Interface), que viabiliza a interação com softwares de outras empresas, linkando serviços que forem de interesse mútuo. A tecnologia no âmbito de Open Banking vai permitir, por exemplo, a simulação de financiamentos para parceiros a partir do plugue do API no sistema da própria empresa.

Antes da chegada do NEO, os clientes escolhiam o produto e o consultor enviava a proposta ao banco para avaliação com base no valor do produto. “A partir de agora, o que conta é o potencial de compra do cliente, pois ele terá o seu limite pré-aprovado para adquirir os produtos que quiser”, ressalta a executiva.

Outro diferencial da plataforma é que, uma vez preenchido o cadastro com todas as informações do cliente, não será mais preciso repetir esse processo, uma vez que o sistema se encarrega de reproduzir automaticamente os dados do comprador a cada nova necessidade de aquisição de máquinas e equipamentos. Toda a dinâmica do sistema foi desenvolvida buscando reduzir o vai-e-vem de documentos que tradicionalmente são necessários para as operações de crédito. Sem burocracia, pois o limite de compra pré-aprovado do cliente já está estabelecido no NEO. “Analisando as primeiras operações no NEO, observamos uma redução de quase 20% do tempo de desembolso. Com o limite em mãos, toda a operação se torna mais ágil, tanto para o comprador como para o vendedor, podendo o cliente financiar quantos equipamentos quiser dentro do seu potencial de compra”, afirma Mariane.